Publicidade Cabeça

Nova-limenses que moram nos EUA comentam vitória de Trump





O Sempre Nova Lima conversou com dois nova-limenses sobre a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos. O polêmico empresário e agora presidente eleito, pretende construir um muro entre EUA e México, deportar latinos que cometeram crimes no país norte-americano ou até reestruturar acordos comerciais entre os americanos e o resto do mundo.

Contudo, durante a campanha, Trump fez comentários preconceituosos e misóginos, o que acabou balançando sua candidatura. Vários protestos ecoaram em várias cidades americanas, depois que sua eleição foi confirmada. Alguns brasileiros sentem medo das políticas imigratórias daquele que será presidente efetivo em 20 de janeiro de 2017.

Até por isso, conversamos com Matheus Barbosa, que está em Ohio e com Arnaldo Brasileiro, que mora na Flórida. 

Barbosa, por exemplo, diz ter medo das leis impostas por Trump acabar prejudicando seus estudos. Contudo, ele ressalta que todas as propostas passarão pelo Congresso, que apesar ser de maioria republicana, poderão não ser aprovadas.

Eu não votei nessa eleição. 

A questão dos protestos é o reflexo de como os americanos estão insatisfeitos com o resultado da eleição, infelizmente o país estava muito mal representado, de um lado Hillary Clinton, com suas diversas acusações de atividades ilegais, do outro Donald Trump e suas "propostas absurdas".

A questão relacionada a imigração, eu acredito que vão haver mudanças sim, até porque o DHS (Onde funciona o serviço de imigração) dos EUA esta parado há muito tempo, só é deportado mesmo ilegais que cometem crimes, os outros são colocados em uma fila de espera para julgamento apenas, porem tal julgamento às vezes nem acontece.

É um pouco complicado falar sobre as o futuro do país baseado apenas nas propostas de Trump. Precisamos analisar todo o quadro. Pensando por um lado, deportar imigrantes ilegais seria uma forma de manter controle sobre o país, por outro, muitos desses imigrantes são responsáveis por fazer a economia americana funcionar, desde que são eles que realizam os trabalhos "duros" que os americanos dispensam. Eu acredito que algumas coisas que Trump falou durante sua candidatura foram apenas para "agregar simpatizantes"; um outro fato é que Trump possui negócios na área imobiliária, e muitos de seus empregados são esses tais imigrantes. 


Eu tenho um pouco de receio de que algo aconteça, pois estou fazendo faculdade nos Estados Unidos e não quero ser prejudicado por alguma lei imposta por ele, mas ao mesmo tempo temos a esperança de que, por ser um país democrático, ele não possui tal poder de simplesmente "expulsar" ou mudar as leis atuais. Para que isso aconteça, essas medidas precisam passar pelo Congresso, e muitas pessoas dentro desse Congresso são contra as propostas de Donald Trump - Matheus Barbosa

Já Arnaldo disse ter achado "interessante" a vitória do magnata e que os protestos vêm de uma "minoria". Ele falou sobre a intenção de Trump em construir o tal muro e sobre a política migratória do republicano.

Achei muito interessante o Trump vencer a eleição, principalmente porque a mídia de todo o mundo estava contra ele. O povo americano gosta de mudança, somente uma vez na história um mesmo partido conseguiu eleger um presidente para o terceiro mandato. O povo dessa vez não foi influenciado pela mídia, que pintou o Trump como um louco descontrolado. Por outro lado a Hillary, uma mulher que traiu a confiança dos americanos com o escândalo dos e-mails e outros. O americano prefere alguém que fala diretamente, mesmo que de uma forma dura do que alguém que mente, engana e manipula e, entre o Trump falastrão e a Hillary mentirosa o povo preferiu o Trump. 

Eu não pude votar, porque não sou cidadão ainda, mas minha esposa e meus dois filhos votaram no Trump por pensarem da mesma forma. A política dele em relação aos imigrantes é a seguinte: imigrantes ilegais que comentem crimes e/ou são criminosos serão presos e possivelmente deportados para seus países de origem. Imigrantes ilegais que vivem aqui há muito tempo e que trabalham ilegalmente devem continuar trabalhando normalmente como sempre o fizeram, desde que não comentam crimes. 


Ouvir até falar que é possível a legalização de alguns imigrantes ilegais, mas precisamos esperar para ver se isso realmente vai acontecer. Ele também está muito determinado em acabar com o Estado Islâmico e proibir qualquer investida migratória que traga ameaças aos Estados Unidos, reforçando as fronteiras e construindo o tal muro no México/USA. Sobre os protestos isso é normal, muita gente ficou chateada com a vitória do Trump, mas o protesto vem de uma minoria. O povo americano é civilizado e sabe exercer democracia. Como dizemos no Brasil: "vida de segue!" - Arnaldo Brasileiro

E você? Está nos Estados Unidos ou tem amigos lá? Deixe nos comentários o que pensa sobre.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.