Publicidade Cabeça

UFMG estará de greve a partir de quarta-feira




Professores da UFMG decidiram nesta sexta-feira (11) em assembléia que farão greve geral a partir de quarta-feira (16)., A greve se dá como apoio aos estudantes que estão ocupando escolas como protesto a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241 e que agora tem número 55 no Senado Federal.

A PEC visa limitar o crescimento dos gastos públicos. Vários especialistas vêm dizendo que a proposta poderá retirar dinheiro de áreas importantes, como educação e saúde.

A assembléia foi feita no salão nobre do campus de Medicina da UFMG,  na área hospitalar de Belo Horizonte e teve presença de 453 docentes. Pelo menos 397 professores votaram a favor da paralisação.

"Foi uma assembleia extremamente produtiva, ordeira, onde os professores se posicionaram, entre outras coisas, contra a redução de verbas para educação. Além de existir uma posição muito clara dos professores com relação ao repúdio a PEC 55", explicou Carlos Barreira Martinez, que é presidente do Sindicato dos Professores de Universidades Federais de Belo Horizonte, Montes Claros e Ouro Branco (Apubh).

"Vamos respeitar todos os parâmetros legais que estabelece condição mínima de atendimento ao serviço público", explicou Martinez.

Do Pautando Minas

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.