Publicidade Cabeça

Médicos do Nossa Senhora de Lourdes divulgam carta à população




Os médicos do Hospital Nossa Senhora de Lourdes, o principal em Nova Lima, divulgaram carta aberta à população nova-limense nesta semana, denunciando as consequências do não repasse da verba do Sistema Único de Saúde (SUS) para os cofres do hospital.



O Sempre Nova Lima divulgou que o centro médico não tem condições de fazer o pagamento dos funcionários do mês de janeiro e que a poderá fechar o pronto atendimento caso o repasse não seja regularizado

O motivo é o não repasse da Prefeitura de Nova Lima ao hospital, o que vem dificultando a situação da saúde no município desde 2015. Segundo a administração Vitor Penido, o problema se dá porque a Câmara dos Vereadores ainda não aprovou o orçamento de 2017. Os vereadores, portanto, ainda não aprovaram a Lei Orçamentária Anual (LOA), porque o prefeito fez um corte de R$20 milhões no orçamento da casa legislativa, o que segundo os parlamentes dificultará o bom funcionamento.

Na carta os profissionais informam que com o valor de R$1,2 milhão por mês é possível fazer 460 internações por mês, 17.700 mil exames já contabilizando de outros centros médicos que também atendem a urgência, 8.108 atendimentos de pronto socorro, 1.226 hemodiálises e 1.351 sessões de fisioterapia.

A carta ainda divulga que o Nossa Senhora de Lourdes fechou com déficit de R$3 milhões de reais no ano de 2016, mesmo fazendo demissões e cortes de custos. Veja a carta na íntegra:



Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.