Publicidade Cabeça

Secretário de Administração desmente lista com possíveis servidores demitidos




Nos últimos dias uma lista com os nomes de 136 servidores que poderiam ser exonerados para reequilibrar as contas públicas em Nova Lima fez com que vários trabalhadores perdessem a noite de sono.

Na lista que rodava o aplicativo de mensagem instantânea, Whatsapp, além do nome do servidor, vinha também o seu salário. Além de professores, havia também profissionais de serviços gerais da PMNL.

Os salários, por sua vez, estavam entre R$2,2 mil e R$25 mil reais, algo que totalizava uma folha salarial destes nomes próximo de R$995 mil reais. Contudo, o secretário de Administração, Jean Seabra Pedrosa, desmentiu que esta lista seja oficial e que a mesma não passa de boato.

Contudo, ele alertou que a prefeitura gasta grande parte da sua arrecadação com folha salarial. Segundo Jean, a administração pública arrecada algo em torno de R$40 milhões mensais mas tem dispêndios de R$28 milhões com a folha de pagamento.

Isso quer dizer que 70% da arrecadação anual estaria comprometida com o pagamento de funcionários, sobrando mensalmente apenas R$12 milhões para outros custeios. O Sindicato dos Servidores Públicos, o Sindserp, já contestou esta conta feita pelo governo.

Seabra foi mais fundo: afirmou que se nada for feito, a cidade terá que decretar falência.

Um comentário :

  1. O mais impressionante é que dados oficiais vazam de dentro da prefeitura (exclusivamente no RH) e não se abre uma investigação e nem se busca punir ninguém. Fernando Wardi

    ResponderExcluir

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.