Publicidade Cabeça

Após ser delatado, Aécio Neves poderá ser candidato ao governo de MG






O tucano Aécio Neves (PSDB), senador por Minas Gerais, não se encontra no seu melhor momento político. Após ser delatado pela Odebrecht naquela que vem sendo chamada de "delação do fim do mundo", o parlamentar vive um inferno astral.

Aécio foi derrotado em 2014 pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) após uma apertada eleição. Contudo, apesar de apertada, ele foi derrotado por Dilma em Minas Gerais, considerado seu reduto eleitoral.

Não só: Aécio viu seu candidato a governador, Pimenta da Veiga (PSDB), também ser derrotado nas eleições gerais para Fernando Pimentel (PT), no primeiro turno. O seu candidato à Prefeitura de Belo Horizonte, João Leite (PSDB), também foi derrotado por Alexandre Kalil (PHS).

Estas derrotas complicaram Aécio que agora delatado poderá se ver obrigado à voltar disputar o Governo de Minas Gerais, contra o próprio Pimentel, possivelmente. Isso também demonstra que seu capital político foi reduzido ao máximo, já que hoje não tem mais condições de disputar a presidência do país em 2018. 

O mais cotado, Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo, também foi citado nas delações da construtora. Com isso o nome de João Dória (PSDB), prefeito de São Paulo, vem crescendo entre a frente política tucana.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.