Publicidade Cabeça

Cruzeiro vive clima de medo e tensão após último assassinato


O bairro Cruzeiro vive clima de medo e tensão após a morte de um rapaz na última semana, próximo da madrugada de sábado para domingo. A Polícia Civil que ainda investiga o caso, ainda não se manifestou se houve avanços na investigação.

O que se sabe, no entanto, é o temor que a situação se repita. A vítima que entrou no bairro de moto conjuntamente com a namorada, teria tentado assassinar a mãe de um outro jovem, morador de Nova Lima e do bairro Cruzeiro, já que ele teria matado o irmão da sua namorada - a mesma que pilotava a moto na noite do assassinato.


Contudo, ele foi vencido e em seguida foi brutalmente morto. A marca de sangue ainda está no local, espirrado na parede de uma casa na Rua Apatita. Não apenas o sangue é a marca da última barbárie. Os moradores ainda evitam deixar seus filhos brincando nas ruas da região.


Uma reunião entre vereadores e autoridades competentes, definiu que uma viatura mista - dotada de Policiais Militares e Guardas Civis - ficará dentro do bairro constantemente. A fala é do vereador Tiago Tito:


"Hoje estive reunido com autoridades policiais, diretora da escola do Cruzeiro, Secretário de Segurança, Secretária de Educação e juntamente com os vereadores Alessandro Coxinha, Kim do Gás e Sd. Flávio de Almeida, para encontramos soluções para a segurança do bairro Cruzeiro."


"Na oportunidade solicitei ao Secretário de Segurança Dr. Juarez e os representantes da Polícia Militar a permanência de uma viatura mista com policias militares e guardas municipais para retomada da tranquilidade da comunidade. O PEDIDO FOI ACEITO! E agora a comunidade do Cruzeiro agora vai contar com a presença desta viatura dentro do bairro."


Não se sabe, no entanto, quando começará tal ação. Vários moradores têm dito que existem ameaças de outros criminosos voltarem ao bairro para vingarem a morte da última vítima.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.