Publicidade Cabeça

Leilão de usinas da Cemig poderá deixar sua conta de luz mais cara



O governo federal decidiu leiloar quatro usinas da Companhia Energética de Minas Gerais, a Cemig: Jaguara, São Simão, Miranda e Volta Grande. A ideia é arrecadar quase R$11 bilhões de reais já neste ano a fim de fechar o ano com rombo nas contas públicas de R$159 bilhões - governo enviou projeto para Câmara pedindo mudança no déficit deste ano de R$139 bi para R$159 bi.


A Cemig e o governador Fernando Pimentel (PT) já se disseram contrários a concessão das usinas. Segundo estudos, a concessão poderá deixar a conta de luz do mineiro quase três vezes mais cara nos próximos anos.

Sendo assim, o governo do estado conseguiu uma liminar que suspendeu a licitação marcada para acontecer no fim de setembro. Contudo, uma portaria foi publicada pelo Ministério de Minas e Energia (MME) nesta sexta-feira que reafirma o pedido de privatização das usinas.

Atualmente a Cemig comanda as usinas. Porém, as concessões estão para vencer nas próximas semanas. 

“Isso vai ser um impacto terrível. Se um investidor vier e pagar os cerca de R$ 11 bilhões que o governo federal quer, depois vai querer se ressarcir na conta de luz. Hoje, a tarifa é relativamente barata, mais vai ficar três vezes mais cara”, afirmou o governador petista que afirmou que os investidores vão repassar o custo dos R$11 bilhões para a Cemig que terá que aumentar as contas de luz.

O governo Michel Temer (PMDB) também anunciou que vai privatizar a Eletrobras e a Casa da Moeda, além de outras centenas de empresas estatais. A ideia é arrecadar dinheiro para compensar a frustração de arrecadação de impostos como consequência da recessão econômica.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.