Publicidade Cabeça

Governo do Estado não tem dinheiro para pagar décimo terceiro




O Governo do Estado de Minas Gerais, administrado por Fernando Pimentel (PT), afirmou que o fluxo de caixa atual das arrecadações com impostos não permite o pagamento do 13º salário para os funcionários públicos estaduais. A informação é da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).


O governo mineiro já havia dito há alguns dias que a total prioridade é pagar o 13º nos próximos dias. Contudo, a primeira parcela deveria ser depositada nesta quinta-feira, dia 30, algo que não vai acontecer. A situação é ainda pior, já que a Cidade Administrativa só conseguiu depositar o salário dos funcionários na sua integralidade há cinco dias atrás.

A fim de buscar uma solução para a situação, o governador, Fernando Pimentel, os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, e de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, além do advogado-geral do Estado, Onofre Alves Jr., foram até o Senado Federal para uma conversa com Eunício Oliveira (PMDB), presidente do Congresso Nacional.

A ideia é pedir apoio para o projeto de lei 204 de 2016. O PL autoriza operações de crédito a partir da securitização da dívida ativa do Estado e com isso garantiria recursos para o pagamento do 13º salário.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.