Publicidade Cabeça

Aécio confirma que vai disputar o Senado ou o Governo de Minas em 2018









O senador por Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), declarou à 'Rádio Itatiaia' que será candidato em 2018. Porém, o tucano não sabe se sairá candidato pelo Governo de Minas Gerais, contra Fernando Pimentel (PT), ou ao Senado Federal, seguindo para a reeleição.

Nas últimas pesquisas Aécio aparecia em segundo colocado para o Senado Federal, atrás apenas da ex-presidente Dilma Rouseff (PT). Apesar de reconhecer que a recandidatura para o Senado é "caminho natural", Aécio criticou veementemente a gestão do PT no estado.


Aécio perdeu espaço no cenário nacional depois que foi flagrado em conversas com Joesley Batista, um dos donos da JBS, fazendo suposto pedido de propina no valor de R$2 milhões de reais. O senador afirma que não era um pedido de propina e sim de um empréstimo, tendo como garantias uma residência da sua família.


O tucano foi afastado do Senado Federal em dois momentos, pelo Supremo Tribunal Federal, mas foi reconduzido por seus colegas de Senado ao seu posto. 


Ele que protagonizou uma polêmica em Nova Lima, já que parte do dinheiro que veio de Joesley Batista estava de posse de Mendherson Souza Lima, assessor de Zezé Perrella, senador pelo PMDB. 


Neste caso o montante que estava com Mendherson foi escondido em Nova Lima, no bairro Cristais, na sogra do assessor. Ele (o assessor) argumentou, ainda, que o dinheiro foi buscado em São Paulo no dia 3 de maio. (Leia Aqui)

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.