Publicidade Cabeça

Câmara não vai apreciar aumento de IPTU nesta terça





A Câmara de Nova Lima não vai apreciar o aumento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana ou Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A proposta vem causando polêmica na cidade e a reunião dos vereadores acabou ficando lotada.

Há locais onde o aumento será de 700% ou mais, isso quer dizer que se uma determinada pessoa pagava R$100 reais, com a aprovação do projeto a mesma pessoa pagará R$700 reais. Ou seja, sete vezes mais caro.

A ideia da Prefeitura de Nova Lima é aumentar a receita para fazer frente a queda de receita. A administração Vitor Penido (DEM) lembrou que o aumento da alíquota da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem) de 2 para 3,5%, não ajuda a enfrentar a crise já que este recurso não pode ser usado em qualquer dispêndio.

Além disso, a Prefeitura de Nova Lima conseguiu reduzir a isenção da taxa de iluminação pública de 90 KwH para 30 KwH (Leia Aqui). Agora, quem consumir mais de 30 KwH vai contribuir com a taxa. Mas a PMNL não quer apenas empreender um ajuste fiscal via receitas, mas também cortando gastos, como na Reforma Administrativa.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.