Publicidade Cabeça

Em votação apertada, Câmara aprova Revisão do IPTU



Foto: Sempre Nova Lima

Após muito debate a Câmara Municipal de Nova Lima aprovou a lei de revisão do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana ou Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). 


A situação é uma clara vitória para o governo Vitor Penido (DEM) que conseguiu, até esta sexta-feira (29), uma ampla vantagem em matérias legislativas importantes, como a Reforma Administrativa.

Os vereadores contrários explicitaram que o aumento é abusivo. Na Rua Nova, por exemplo, o aumento seria superior a 300%. Mesmo assim, a Prefeitura de Nova Lima isentaria mais de 10 mil famílias.

O vereador Silvânio Aguiar (SD) elogiou o governo Penido mas disse que o aumento é bastante expressivo e por isso votará contra. Tiago Tito (PSD) foi na mesma linha. O voto do vereador Álvaro Azevedo (PSDB) já era conhecido, assim como de Flávio Almeida (PT). Ambos formam a oposição aos governistas.

Fausto Niquini (PSD) também se posicionou contra, demonstrando que já editou um projeto de lei que incluía pessoas com graves doenças na isenção do imposto. Ele ainda lembrou que como relator da Revisão do IPTU no governo Cassinho, acabou mostrando que apresentou relatório contrário à demanda.

A Prefeitura ainda não se posicionou acerca da votação. Na casa legislativa, seis votaram a favor, tendo José Guedes (DEM) como voto de minerva e cinco votaram contrário.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.