Publicidade Cabeça

Aécio se torna réu por unanimidade na primeira turma do STF





O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi condenado pela segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta tarde de terça-feira, dia 17, por unanimidade. Ele é acusado de corrupção passiva e obstrução à justiça no caso em que Joesley Batista, dono da JBS, gravou conversas com o tucano.

Marco Aurélio, que era o relator do caso, votou pela aceitação da denúncia. O ministro Luis Roberto Barroso, Rosa Weber, Luis Fux e Alexandre de Moraes, acompanharam o relator. Contudo, Moraes votou pela não aceitação da denúncia por obstrução de justiça, algo ineficaz, já que a maioria aceitou a denúncia na sua integralidade.

Com isso Aécio vai responder criminalmente com base no pedido da Procuradoria-Geral da República, na pessoa de Raquel Dodge, procuradora-geral. 

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.