Publicidade Cabeça

Na CNT/MDA, Lula vence todos os cenários; sem Lula, Bolsonaro lidera







A pesquisa CNT/MDA divulgada nesta manhã de segunda-feira, dia 14, trouxe o atual cenário eleitoral do Brasil. Segundo a pesquisa, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), hoje preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, vence todos os cenários eleitorais projetados pela pesquisa.

Na pesquisa espontânea, quando nenhum candidato é apresentado ao entrevistado, Lula aparece com 18,6% das menções, a frente de Jair Bolsonaro (PSL) com 12,4% e Ciro Gomes (PDT) com 1,7%.

Já na pesquisa estimulada, aonde uma lista com nomes é apresentada, no cenário onde o petista aparece, Lula tem 32,4%, Bolsonaro 16,7% e Marina Silva (Rede) apresenta 7,6%. Ciro Gomes, por sua vez, aparece com 5,4% e Geraldo Alckmin (PSDB), ex-governador de São Paulo, 4%.

Já no cenário sem Lula, Bolsonaro lidera a pesquisa com 18,3%, tendo Marina com 11,2% e Ciro com 9%. Alckmin aparece com 5,3% e Álvaro Dias vem com 3%. Neste cenário Haddad é testado e aparece com 2,3%.

Todos os cenários testados sem Lula, Bolsonaro vence. Ele oscila entre 20,7% e 16,7%. Porém, o candidato militar perdeu campo e oscilou negativamente dentro da margem de erro, já que no primeiro cenário sem Lula e com todos os pré-candidatos, o deputado federal possuía 20% em março e agora caiu para 18,3.

Marina Silva também oscilou negativamente, já que em março ela possuía 12,8% e agora aparece com 11,2. Ciro foi quem se beneficiou, quando em março ele possuía 8,1% e agora aparece com 9%, oscilando dentro da margem de erro.

Com essa situação o dólar, que estava em queda, passou a operar em alta e chegou a R$3,61. Segundo especialistas do mercado financeiro, investidores estão reagindo a melhores posições de candidatos que podem se comprometer de forma contrária ao ajuste fiscal, como Marina e Ciro Gomes.

Intenção de voto espontânea:

Lula: 18,6%
Jair Bolsonaro: 12,4%
Ciro Gomes: 1,7%
Marina Silva: 1,3%
Geraldo Alckmin: 1,2%
Joaquim Barbosa: 1,0%
Álvaro Dias: 0,9%
Outros: 1,8%
Branco/Nulo: 21,4%
Indecisos: 39,6%
Intenção de voto estimulada:

Cenário 1

Lula: 32,4%
Jair Bolsonaro: 16,7%
Marina Silva: 7,6%
Ciro Gomes: 5,4%
Geraldo Alckmin: 4,0%
Álvaro Dias: 2,5%
Fernando Collor: 0,9%
Michel Temer: 0,9%
Guilherme Boulos: 0,5%
Manuela D´Ávila: 0,5%
João Amoêdo: 0,4%
Flávio Rocha: 0,4%
Henrique Meirelles: 0,3%
Rodrigo Maia: 0,2%
Paulo Rabello de Castro: 0,1%
Branco/Nulo: 18,0%
Indecisos: 8,7%.

Cenário 2

Jair Bolsonaro: 18,3%
Marina Silva: 11,2%
Ciro Gomes: 9,0%
Geraldo Alckmin: 5,3%
Álvaro Dias: 3,0%
Fernando Haddad: 2,3%
Fernando Collor: 1,4%
Manuela D´Ávila: 0,9%
Guilherme Boulos: 0,6%
João Amoêdo: 0,6%
Henrique Meirelles: 0,5%
Flávio Rocha: 0,4%
Rodrigo Maia: 0,4%
Paulo Rabello de Castro: 0,1%
Branco/Nulo: 29,6%
Indecisos: 16,1%.

Cenário 3

Jair Bolsonaro: 19,7%
Marina Silva: 15,1%
Ciro Gomes: 11,1%
Geraldo Alckmin: 8,1%
Fernando Haddad: 3,8%
Branco/Nulo: 30,1%
Indecisos: 12,1%.

Cenário 4

Jair Bolsonaro: 20,7%
Marina Silva: 16,4%
Ciro Gomes: 12,0%
Fernando Haddad: 4,4%
Henrique Meirelles: 1,4%
Branco/Nulo: 31,7%

Indecisos: 13,4%

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.