Publicidade Cabeça

'English Team' também não tem vida fácil, mas estréia com vitória



Foto: Reuters

Outra estréia muito aguardada nessa Copa 2018 foi a da jovem seleção da Inglaterra.

Com uma proposta de jogo bem intensa e jogando muito melhor que o adversário até a primeira metade do primeiro tempo, o time inglês abriu o placar através do artilheiro Harry Kane, do Tottenham Hotspur-ING, aos 10' da primeira etapa, após cobrança de escanteio, em que o zagueiro John Stones cabeceia, o goleiro Hassen faz ótima defesa, mas cede o rebote, onde o atacante estufa as redes.

Logo após, aos 15', o goleirão tunisiano sentiu uma lesão no ombro e teve que ser substituído por Mustapha.

E, coincidentemente, a Tunísia equilibrou as ações, não dando tantos espaços aos ingleses, e chegando ao gol de empate após um pênalti cometido por Walker em Ben Youssef. Sassi foi para a cobrança chutando forte no canto direito de Pickford, que chegou a tocar na bola, mas não evitou o tento africano, anotado aos 34'.

O segundo tempo foi de maior volume da Inglaterra, pressionando bastante, mas a Tunísia esteve sempre firme na marcação e contando um pouco com a sorte.

Mas, de tanto insistir, os campeões de 1966 conseguiram o desempate já no apagar das luzes, aos 45' da segunda metade, através de nova cobrança de escanteio, onde a bola foi desviada no primeiro pau, novamente o artilheiro Kane, sozinho, cabeceia para o fundo do gol.

O jogo foi realizado na Arena Volgogrado, na cidade homônima, antiga Stalingrado, e válido pelo Grupo G.

Com o triunfo, a Inglaterra assume a segunda colocação do grupo, atrás da Bélgica, que venceu o Panamá por 3x0.

Os ingleses enfrentarão o Panamá no domingo, dia 24/06, às 9h, e a Tunísia tentará a reabilitação no sábado, dia 23/06, às 9 horas, diante da forte seleção belga.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.