Publicidade Cabeça

Debate na Band marca polarização entre Pimentel e Anastasia






O primeiro debate dos candidatos ao governo de Minas Gerais, na Band, marcou a polarização entre o PT e o PSDB. Fernando Pimentel, atual governador de Minas Gerais, e Antônio Anastasia, senador por Minas e ex-governador, se enfrentaram com distintas narrativas.

O petista atrelava o déficit do orçamento mineiro que rompe os R$8 bilhões às gestões tucanas. Ele lembrou de obras paralisadas e, sobretudo, da Cidade Administrativa, que custou aos cofres públicos R$2 bilhões de reais e é vítima de investigações no governo Aécio Neves (PSDB).

Já Anastasia criticou Pimentel por "terceirizar"  a culpa pela falência econômica do estado mineiro. Para ele, a situação de Minas é caótica por causa da ingerência do Governo do Estado. Anastasia reconheceu que a crise é profunda e que cortes vão precisar ser feitos.

Já os demais candidatos, como João Batista Mares Guia (Rede) e Claudiney Dulim (Avante), criticaram fortemente as duas gestões, tanto do PSDB quanto do PT a frente de Minas Gerais. Dirlene Marques (PSOL), seguiu a mesma tônica.

O ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), que tem sua candidatura sob júdice já que o seu partido em âmbito nacional não referendou a sua candidatura, não atacou os principais nomes nesta eleição e se colocou como terceira via à população.

Pesquisa Eleitoral

Segundo a pesquisa CP2/Data Tempo, o ex-governador Anastasia saiu na frente nas pesquisas de intenções de voto. Ele obteve 24% das menções, contra 16,9% de Pimentel e 9,1%  de Márcio Lacerda.

Romeu Zema (Novo), vem na segunda colocação com 2,5%, João Batista aparece com 1,5% e Dirlene com 1,2%.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.