Publicidade Cabeça

Médico suspeito de filmar sexo com adolescentes é preso





Um médico suspeito de filmar cenas de sexo com adolescentes foi preso nesta semana em operação contra a pedofilia que prendeu dez pessoas em Minas Gerais. A prisão foi efetuada na quarta-feira, dia 31, segundo a polícia.

O médico gravava os atos sexuais em sua casa. Mas não só: ele gravava também os exames feitos pelas garotas. As gravações não possuíam consentimento das vítimas. A sua prisão foi efetuada em Belo Horizonte.

A polícia cumpriu pelo menos 14 mandados de prisão e de busca e apreensão. Entre as cidades, está Nova Lima. Pelo menos oito mandados foram cumpridos na cidade nova-limense, em Betim, ambas da RMBH; em Ipatinga, no Vale do Aço; além de Barbacena, na Zona da Mata.

Entre os presos estão dois policiais militares, sendo um deles cabo e o outro reformado. A Corregedoria da Polícia Militar vai acompanhar o caso. 

Os suspeitos podem responder por crime de armazenamento, compartilhamento e produção de imagens envolvendo pornografia. Segundo a Polícia Civil, a pena pode chegar a 15 anos de prisão, se for comprovado estupro de vulnerável.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.