Publicidade Cabeça

Nova Lima é palco de testes para gravação de aulas na autoescola






As autoescolas em Nova Lima são palcos de testes de uma nova tecnologia nos carros de autoescola: o monitoramento. Isso mesmo. Em Minas Gerais é obrigatório que os carros possuam câmeras e registrem as aulas.

Contudo, uma liminar suspende a obrigatoriedade, apesar da cidade nova-limense estar sendo usada para testar a nova ação. Mais de 74% dos jovens em idade para ter carteira de motorista são favoráveis ao equipamento. Os dados são da Federação de Comércio de Minas Gerais (Fecomércio), em parceria com o Sindicato dos Proprietários de Centros de Formação de Condutores do Estado de Minas Gerais (Siprocfc-MG).

Foi o Sisprocfc-MG quem entrou na justiça contra as deliberações das portarias 234/14 do Denatran e 1218/18 do Detran do estado. Segundo o jornal 'Estado de Minas', o presidente do sindicato não se diz contra à instalação, mas é contra o tempo limite estabelecido pelas portarias para que os donos de autoescola apliquem as mudanças.

 “A forma e a pressa na instalação do sistema sem que houvesse uma ampla discussão com o setor, que desconhecia o custo a arcar, já que não haverá recursos do estado”, disse Alessandro Dias.

A liminar poderá ser derrubada a qualquer momento, quando o recesso do Poder Judiciário se encerra e os juízes de todo o país voltam aos trabalhos. O recesso se encerrará no dia 20 de janeiro. O próprio Alessandro  admite que a liminar deverá cair. Segundo o sindicato, as empresas vêm se preparando para o caso da liminar ser suspensa e a obrigatoriedade voltar à tona.

Uma das autoescolas usadas em Nova Lima para testar o equipamento está localizada no Jardim Canadá.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.