Publicidade Cabeça

Deputados chamam presidente da Vale de 'bandido' e 'mentiroso'


Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Deputados federais subiram o tom contra o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, nesta última quinta-feira, dia 14, depois que o mesmo defendeu que a mineradora não teve culpa na tragédia de Brumadinho, no último mês, que deixou até o momento 165 mortes e ainda 155 desaparecidos.


A Vale está em meio a discussões e negociações para indenizar os familiares que perderam pessoas na tragédia ou ainda não encontraram seus parentes. Segundo informações do Valor Econômico, a empresa está oferecendo R$300 mil reais. Contudo, o Ministério Público do Trabalho está pedindo pelo menos R$2 milhões de reais mais estabilidade durante algum período, o que consiste na mineradora continuar pagando o salário do funcionário.

O deputado Evair Melo (PV-ES) afirmou que Schvartsman deveria pedir desculpas à população por dizer que a empresa é vítima da situação: "Isso não tem respaldo técnico nenhum, o senhor deveria pedir desculpas", disse o parlamentar.

Já o deputado André Janones (Avante-MG), afirmou que a empresa só pensa em lucro e que o presidente é um "bandido": "Vocês colocaram no papel e viram que valia mais a pena matar 300 pessoas do que fechar a barragem".

O deputado Rogério Correia (PT-MG) informou que já tem as assinaturas necessárias para abrir uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para apurar as causas do desastre.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.