Publicidade Cabeça

Economia brasileira repete crescimento do ano de 2017 e avança 1,1%





A economia do Brasil cresceu 1,1% em 2018, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quinta-feira, dia 28. É o segundo ano consecutivo de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma da produção dos bens finais da economia, mais as exportações líquidas (exportações - importações).

É, ainda, o oitavo trimestre consecutivo que o PIB fica no positivo, uma vez que no quarto trimestre de 2018 a economia cresceu 0,1%, apesar de ter estagnado. O ano de 2018 foi marcado pela greve dos caminhoneiros e pela situação eleitoral. Há, também, um certo estresse na economia mundial com o Brexit (Britain Exit - saída do Reino Unido da Zona do Euro); guerra tarifária entre Estados Unidos e China; e abrandamento da economia chinesa e alemã.

O número mostra dificuldade do Brasil em ganhar mais fôlego para crescer depois de anos em recessão. O PIB foi puxado pelo setor de serviços que esteve positivo em 1,4% em 2018, seguido da indústria que oscilou 0,6% e da agropecuária com 0,1%. 

O consumo das famílias, que corresponde a algo em torno de 60% do PIB, ficou positivo em 1,9% no ano passado e os investimentos positivo em 4,1%. Contudo, o consumo das famílias oscilou 0,4% no último trimestre de 2018, mesmo com o Natal, e os investimentos tombaram 2,5%.

Em valores correntes o PIB totalizou R$6,8 trilhões de reais.

Nenhum comentário

Sempre Nova Lima - 2016. Tecnologia do Blogger.